Convento e Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Lapa

 

Copyright © Guia Geográfico - Patrimônios Históricos da Bahia

 

O Convento foi inaugurado em 1744 e destinado às Franciscanas Concepcionistas. Inclui uma igreja com nave única, acesso lateral e torre próxima à capela-mor. Em seu interior, existem azulejos de decoração barroca, vindos de Lisboa no século 18. A pintura do forro da nave, em perspectiva ilusionista, é atribuída a Veríssimo de Souza Freitas.

Histórico. Em 1734, foi autorizada a construção de um segundo convento franciscano, pois o Convento do Desterro não era suficiente. O novo convento foi inaugurado em dezembro de 1744. A igreja começou a ser construída em 1750, o altar-mor foi entalhado em 1755 e a torre foi construída por volta de 1785. Existe uma certa semelhança na arquitetura com o antigo Convento das Mercês, construído por volta da mesma época.

O conjunto arquitetônico foi tombado pelo IPHAN, em 1938.

 

Salvador Bahia

 

Joana Angélica

Em 19 de fevereiro de 1822, o Convento foi palco de uma trágica ação militar, durante as lutas pela Independência.

Soldados portugueses tentavam invadir o claustro e a abadessa sóror Joana Angélica tentava impedir, colocando-se à porta, quando recebeu golpes de baioneta, pelos soldados invasores, que acreditavam haver refugiados e armas no local. A abadessa morreu no dia seguinte, devido aos ferimentos. O capelão do convento, Daniel Nunes da Silva Lisboa, também foi morto devido ao ataque. As freiras fugiram para o Convento do Desterro

Joanna Angélica de Jesus nasceu em Salvador, em 12 de dezembro de 1761 e entrou para o convento da Lapa aos 20 anos de idade. Em sua homenagem a avenida onde fica o convento recebeu o seu nome.

 

Interior da Igreja.

 

Arquitetura Lapa

 

◄Igrejas da Bahia

 

Convento Lapa

 

 

Igrejas Salvador